sexta-feira, 22 de abril de 2011

O que realmente mudou na área de RH ?


É uma pergunta um tanto quanto capciosa já que o primeiro impulso é destacar todas as expertises que o profissional da área precisa ter e o quanto isso pode contribuir para a empresa.
Eu não posso negar o quanto esta área é importante para a empresa e seria capaz de enumerar centenas de qualidades que tornam o RH uma peça fundamental e imprescindível para o sucesso, porém esta é minha opinião e ponto de vista

Em matéria divulgada neste domingo (17/04/2011) na Folha de São Paulo abordando vários aspectos e os profissionais de recursos humanos, fica evidente o descontentamento de todos desde o mais experiente até quem está começando na área ao vivenciar o total descaso com que a área de RH é vista dentro das empresas.

Para começar, é notório que a maioria das empresas vê o RH apenas como um setor administrativo responsável pelas questões trabalhistas. Neste prisma o serviço de RH se torna uma rotina constante, sem sonhos... sem autonomia.

O último artigo que escrevi aqui falava sobre o fato das empresas não saberem ou não quererem talentos, apesar do inverso ser largamente divulgado. Penso que a matéria que citei embasa esta minha teoria já que não existe área mais capacitada para reconhecer, lapidar e reter talentos.

Fato que se torna quase humilhante é quando as empresas contratam consultorias especializadas em liderança e motivação sem ao menos consultar o RH. Esta "simples" contratação sem consulta dá a dimensão do descaso e isso obviamente é visto e sentido por todos os funcionários.
Ampliando um pouco o assunto, gostaria muito de um dia poder entender o motivo que leva algumas áreas a "abrir suas asas" e simplesmente passar como um trator sobre as outras. Tudo que esta atitude consegue realizar é o descontentamento e a desarmonia entre áreas e pessoas. Deste cenário nada de bom poderá ser colhido.
Cabe ressaltar que o que escrevo aqui visa apenas os bons profissionais da área já que hoje, infelizmente, grande parte são fraudes. As fraudes se destacam por não possuir uma visão holística e clara da empresa. Hora se preocupam apenas com os funcionários tal quais uns assistentes sociais, hora pensam apenas na empresa e se transformam em capatazes e, o pior, hora tentam inventar a roda e arrumam processos baseados em horóscopo, numerologia e outros tantos teoremas sem embasamento efetivo.
Com o aquecimento da economia e o crescimento das grandes corporações, cresce também a demanda por profissionais especializados e comprometidos que possam guiar a empresa para o desenvolvimento, para a inovação e para a melhoria de seus processos, aumentando sua competitividade, dessa forma, o RH é uma fonte rica para atingir este objetivo e encontrar profissionais que preencham estes requisitos dentro e fora da empresa.
Siga os posts do Administradores no Twitter: @admnews.

Um comentário:

  1. Este blog é uma representação exata de competências. Eu gosto da sua recomendação. Um grande conceito que reflete os pensamentos do escritor. Consultoria RH

    ResponderExcluir